Ex-secretário dos EUA pode ser processado por tortura, diz juiz

Um juiz federal americano decidiu que o ex-secretário de Defesa Donald Rumsfeld pode ser processado por danos causados a um ex-tradutor das Forças Armadas, que afirma ter sido torturado no Iraque.

O homem afirma que estava trabalhando para os Fuzileiros Navais quando foi sequestrado e levado a instalações militares por nove meses.

Ele diz que sofreu abusos antes de ser solto, sem acusações formais, em 2006.

O governo americano diz que o homem, que não pode ter seu nome divulgado, era suspeito de passar informações ao inimigo no Iraque.

Segundo o governo, Rumsfeld não pode ser processado pessoalmente por sua conduta enquanto integrante do Executivo.