Turquia ordena prisão de militares acusados de sabotar o governo

Um tribunal na Turquia ordenou nesta segunda-feira a prisão de sete generais e almirantes acusados de tentar sabotar o governo do premiê turco, Recep Tayyip Erdogan.

Eles estavam sendo acusados de colocar no ar sites contrários ao governo.

Dezenas de outros generais turcos estão presos por causa de outra investigação sobre uma suposta tentativa de derrubada do governo.

Quatro dos principais comandantes militares turcos pediram demissão em protesto contra a investigação.