Mais de 20 são mortos na Síria em 24 horas, dizem ativistas

Mais de 20 pessoas morreram na Síria nas últimas 24 horas, disseram ativistas nesta sexta-feira.

Manifestações pedindo o fim do regime do presidente Assad tiveram início em várias cidades do país após as tradicionais preces de sexta-feira, o dia santo dos muçulmanos.

Relatos vindos da cidade de Hama afirmam que forças de segurança abriram fogo contra uma multidão de milhares de pessoas que se reuniram na saída da mesquita principal.

Há relatos de que militares também teriam atirado em manifestantes em outras cidades, inclusive na capital, Damasco.