Dilma sanciona LDO de 2012, mas veta 32 artigos

A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta segunda-feira, com 32 vetos, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2012, já aprovada pelo Congresso Nacional.

Um dos vetos é sobre o teto de 0,87% do PIB para o deficit nominal (receitas menos despesas), incluídos gastos com juros da dívida pública.

Outro veto foi à reserva para criação ou expansão de despesas obrigatórias, o que impedirá reajustes acima da inflação para os aposentados do INSS.

Também foi vetada a reserva de 10% para restos a pagar do Orçamento. A justificativa é que poderia prejudicar órgãos com poucos restos a pagar em prol de outros, segundo informações da Agência Brasil.