Apple é processada por 27 mil usuários do iPhone da Coreia do Sul

A Apple está sendo processada por cerca de 27 mil usuários do iPhone na Coreia do Sul pelo que os usuários afirmam ser um desrespeito à lei de proteção de dados pessoais.

Os usuários do iPhone querem uma indenização de cerca de US$ 1 mil (cerca de R$ 1,5 mil) para cada um.

A Apple admitiu que guardou as informações dos usuários durante um ano, período no qual estes dados poderiam ser usados para rastrear a posição e movimentação do usuário.

A Apple afirmou que lançou um software em maio para consertar o problema.