Ex-deputado é um dos 13 mortos em ataque a tiros no Paquistão

Um político veterano paquistanês é uma das 13 vítimas de tiroteio na cidade de Karachi, no sul do país. O ex-deputado Waja Karim Dad estava sentado em um café quando motoqueiros abriram fogo contra a população.

Principal centro financeiro do Paquistão, Karachi vive uma onda de violência que já deixou 300 mortos desde julho.

O estopim da violência foi o anúncio de que um partido regional, o MQM, irá se juntar à coalizão de governo hoje liderada pelo PPP (partido do ex-deputado morto).

Testemunhas que escaparam da carnificina disseram que os atiradores recarregavam calmamente suas armas enquanto seguiam alvejando outras vítimas.

Moradores reclamaram da falta de patrulha policial. Antes do tiroteio, um ataque com granadas matou duas crianças na cidade.