Dezenas de milhares de pessoas participam de protestos no Chile

Dezenas de milhares de pessoas participaram de protestos em diversas cidades do Chile no segundo dia da greve geral contra políticas do governo.

As passeatas, que começaram pacificamente, terminaram em confrontos entre jovens manifestantes e policiais.

Segundo os organizadores, os protestos foram os maiores no Chile desde os anos 80.

Já o governo alegou que, apesar de as manifestações terem sido grandes, a greve geral de 48 horas foi um fracasso.

Os sindicatos pedem mudanças nos sistemas de aposentadoria, saúde pública e impostos, além de uma reforma constitucional. Estudantes também se uniram às manifestações para pressionar por uma reforma educacional.