Filha de Khadafi dá à luz na Argélia

O governo da Argélia disse nesta terça-feira que a filha do líder líbio Muamar Khadafi, Aisha, deu à luz uma menina, um dia depois de ter se refugiado no país.

Aisha Khadafi e outros membros da família de Khadafi receberam autorização para atravessarem a fronteira entre os dois países na última segunda-feira.

A mídia argelina diz que a gravidez avançada de Aisha foi uma das razões pelas quais o país concedeu refúgio à família.

O governo afirma que a filha de Khadafi, sua mulher, Saifa, e seus filhos Hannibal e Muhammad foram recebidos com base nos direitos humanos e não estão na lista de procurados do Tribunal Penal Internacional.

O Conselho Nacional de Transição da Líbia criticou a decisão da Argélia, que ainda não reconheceu a nova liderança, e disse que tentará conseguir a extradição da família do coronel.