Rebeldes dão ultimato para forças pró-Khadafi se renderem até sábado

Os líderes rebeldes da Líbia deram às forças leais ao coronel Muamar Khadafi até sábado para se renderem ou sofrerem ações militares.

Mustafa Abdul Jalil, que lidera o Conselho Nacional de Transição, disse que o ultimato se aplica aos combatentes que seguem lutando na cidade natal de Khadafi, Sirte, e em outras partes da Líbia.

Os rebeldes estão se preparando para avançar em direção a Sirte e estão procurando assumir pleno controle de áreas do país que ainda permanecem fieis a Khadafi.

O anúncio acontece pouco após o governo da Argélia ter informado que o país vizinho à Líbia acolheu a mulher de Khadafi e três de seus filhos.

Mas o paradeiro de Khadafi permanece desconhecido.