Situação na Somália está se deteriorando, adverte ONU

A ONU advertiu neste sábado que a situação na Somália, atingida por uma catastrófica seca, está se deteriorando e que quase todas as regiões do sul do país podem enfrentar uma onda de fome.

A organização diz que as taxas de subnutrição e de mortalidade estão subindo e que há também a disseminação de doenças entre a população da região.

A agência da ONU para refugiados diz que tem relatos de que combatentes islâmicos do grupo Al-Shabaab, que controlam a maior parte do sul do país, ainda estão impondo restrições à movimentação de pessoas em suas áreas.

Mais de 12 milhões de pessoas já foram afetadas pela seca na região do Chifre da África, no leste do continente, segundo a ONU.