Governo britânico diz que implementará proposta de reforma do sistema bancário

O governo da Grã-Bretanha anunciou que vai seguir adiante com mudanças no sistema bancário do país recomendadas em um novo relatório.

A reforma tem como objetivo impedir uma repetição da crise financeira de 2008, quando o governo do período (sob o comando do trabalhista Gordon Brown) foi obrigado a injetar grandes quantidades de capital no sistema bancário para evitar a falência de alguns dos maiores bancos do país.

Entre as novas propostas está obrigar instituições financeiras britânicas a separar serviços bancários oferecidos a indivíduos e empresas de operações envolvendo investimentos e riscos.

O ministro britânico das Finanças, George Osborne, disse que a reforma teria início a partir de 2019.

Segundo o editor de economia da BBC, se implementada, esta seria a reforma mais radical já feita no sistema bancário britânico.