EUA ameaçam agir contra grupos militantes com base no Paquistão

O secretário de Defesa americano, Leon Panetta, afirmou que os Estados Unidos farão o possível para impedir que militantes baseados no Paquistão ataquem as forças do país no Afeganistão.

Panetta não especificou que tipo de ação o governo americano pretende adotar.

Os EUA culparam a rede militante Haqqani, que tem base no Paquistão, por desferir o ataque realizado nessa terça-feira contra a embaixada americana e ao quartel-general da Otan em Cabul.

Panetta disse que Washington pediu ao governo paquistanês diversas vezes que exerça sua influência sobre a rede Haqqani, o que, segundo o secretário, não teve efeitos práticos.