Manifestantes voltam a protestar contra presidente no Iêmen

Centenas de manifestantes voltaram a protestar neste sábado na capital do Iêmen, Sanaa, exigindo a saída do presidente Ali Abdullah Saleh.

Reunidos no campus da universidade da capital, os manifestantes gritavam "sem lições, sem aulas, até que o presidente vá embora", impedindo os alunos de participar das aulas no início do ano letivo.

Saleh está sendo tratado na Arábia Saudita, depois de um ataque a bomba contra o palácio presidencial, em junho.

O presidente vem resistindo à pressão internacional para renunciar, apesar dos protestos realizados há oito meses em todo o território do Iêmen.