China dispara com sucesso módulo espacial, almejando construir estação

A China lançou nesta quinta-feira um módulo espacial que representa os primeiros passos do país em criar uma estação no espaço.

A cápsula chamada Tiangong-1, que não leva humanos, foi disparada de um centro no oeste do país e será usada para desenvolver técnicas para a construção de um laboratório espacial, a ser ampliado em uma estação espacial até 2020.

Uma nova cápsula deve ser lançada no mês que vem, para praticar manobras necessárias para o projeto.

A China mantém um ambicioso programa espacial, que inclui planos de aterrissar na Lua.

O lançamento desta quinta foi assistido ao vivo pelo premiê chinês, Wen Jiabao, e à distância pelo presidente Hu Jintao, segundo a agência estatal Xinhua, em um sinal da importância dada ao programa espacial do país.