Tunísia dá largada para primeira eleição multipartidária pós-Ben Ali

A Tunísia abriu neste sábado o período de campanha política para as primeiras eleições multipartidárias desde a queda do ex-presidente Zine El Abidine Ben Ali, vítima da chamada Primavera Árabe em janeiro passado.

Mais de 10 mil candidatos de 81 partidos políticos concorrem para fazer parte da Assembleia Constituinte que terá um ano para escrever uma nova Constituição para o país.

As eleições estão marcadas para o dia 23 de outubro. Como em outros países árabes, analistas acreditam que a maior disputa será entre candidatos de ideologia secular e islâmica.

Observadores acompanharão de perto o "primeiro experimento democrático" da Tunísia a fim de avaliar o seu impacto no resto da região.