Inflação sobe em ritmo maior; acumulado é o mais alto em 6 anos

O IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) subiu 0,53% em setembro, acima dos 0,37% registrados no mês anterior, informou nesta sexta-feira o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A inflação acumulada nos últimos 12 meses está em 7,31%, nível mais alto desde maio de 2005 e acima da meta do governo (de 4,5%, com margem de flutuação de até 6,5%).

No ano até agora, o acumulado é de 4,97%, já superando a meta.

Segundo o IBGE, o maior impacto inflacionário de setembro foi exercido pelas passagens aéreas, que encareceram em média 23,4% para as viagens marcadas para setembro em relação aos preços praticados em agosto.

Também foram registrados aumentos nos preços dos alimentos (em especial feijão carioca, açúcar, frango e leite), ainda que em ritmo menor que no mês anterior. Os preços do etanol e da gasolina também subiram.