Justiça do Tadjiquistão condena jornalista da BBC à prisão

A Justiça do Tadjiquistão condenou o repórter da BBC Urunboy Usmonov pela acusação de cumplicidade nas atividades de uma organização islâmica proibida no país, o Hizb ut-Tahrir.

Usmonov foi sentenciado a três anos de prisão mas a libertação do jornalista foi determinada imediatamente após a sentença, devido a uma anistia.

Usmonov negou as acusações. A BBC condenou o veredito e afirmou que não foram mostradas provas de qualquer crime cometido pelo jornalista.

Os advogados de Usmonov vão entrar com um recurso.