Eleição para juízes federais na Bolívia teria alto índice de votos nulos

Pelo menos 60% dos eleitores teriam anulado o voto durante a primeira eleição para escolher os juízes federais na Bolívia, de acordo com pesquisas de boca-de-urna.

O presidente Evo Morales defendeu a nova forma de escolher os 28 juízes dos quatro tribunais federais do país, dizendo que a eleição fortaleceria a democracia.

A oposição, no entanto, diz que o pleito vai politizar os juízes, já que os candidatos foram escolhidos pelo Congresso, que é controlado pelo partido do presidente.

Os resultados oficiais só serão divulgados em alguns dias.