Eta pode anunciar dissolução do grupo após 40 anos

Uma conferência internacional sobre o separatismo basco, realizada nesta segunda-feira no norte da Espanha, está sendo vista como um possível prelúdio para a dissolução do grupo militante Eta.

O Eta declarou um cessar-fogo permanente em janeiro, mas políticos espanhóis disseram que a medida não era suficiente, já que promessas semelhantes foram quebradas anteriormente.

A cooperação entre Espanha e França havia enfraquecido o grupo nos últimos anos.

No mês passado, prisioneiros do Eta pediram que militantes ainda em liberdade desistam da luta armada.

Mais de 800 pessoas foram mortas nas quatro décadas de violência envolvendo o Eta.