China quer menos programas de entretenimento nas TVs via satélite

A China pediu que os canais de TV via satélite reduzam drasticamente o número de programas de entretenimento e de jogos, como parte de um esforço para restabelecer o controle comunista sobre a cultura popular.

O documento emitido pelo órgão estatal que regulamenta a televisão no país se concentra principalmente nos programas com chamadas "tendências vulgares", que lidam com problemas conjugais ou tentam formar casais, além de reality shows e competições de talentos.

O governo chinês quer que os canais exibam mais programas de notícias e documentários.

A decisão foi anunciada depois de um encontro de líderes comunistas na semana passada, que pediu um fortalecimento da moralidade social.