ONU aprova fim da missão da Otan na Líbia

O Conselho de Segurança da ONU aprovou nesta quinta-feira o fim da operação militar na Líbia, previsto para a próxima segunda-feira.

Em março deste ano, o Conselho de Segurança autorizou a adoção de “todas as medidas necessárias” para proteger civis, após ataques das forças do então regime de Muamar Khadafi contra a oposição.

A operação foi capitaneada pela Otan (aliança militar do Ocidente). Aviões de países aliados promoveram constantes ataques aéreos a bases do regime de Khadafi.

Nesta semana, o governo interino da Líbia chegou a pedir a permanência da Otan até o fim deste ano, apesar de ter declarado a libertação do país, após a morte de Khadafi.

O mandato da Otan dura até as 23h59 do dia 31 de outubro, segundo a resolução aprovada nesta quinta-feira pelo Conselho de Segurança.