Reforma histórica dará a mulheres direitos iguais na sucessão ao trono britânico

O premiê britânico, David Cameron, anunciou nesta sexta-feira mudanças históricas nas regras de sucessão da família real do país que vão dar, no futuro, direitos iguais ao trono para mulheres e homens.

Cameron disse que os 16 países do Commonwealth que têm a rainha Elizabeth II como monarca concordaram por unanimidade em extinguir a atual discriminação de gênero.

Isso significa que se o primeiro filho do príncipe William e Kate Middleton for uma menina, ela estará na frente de qualquer irmão na linha de sucessão ao trono.

As mudanças incluem ainda o fim da proibição de herdeiros ao trono se casarem com católicos.