Pressionado, Berlusconi obtém vitória em votação no Parlamento italiano

O Parlamento da Itália aprovou nesta terça-feira a prestação de contas do orçamento de 2010, aliviando a pressão sobre o primeiro-ministro Silvio Berlusconi.

A vitória do governo ocorreu com 308 votos a favor e uma abstenção, depois que a oposição retirou-se da votação. No entanto, o resultado indica que Berlusconi perdeu a maioria no Parlamento.

Em um momento de crise econômica e política, a votação era vista como crucial para a permanência do primeiro-ministro no cargo. A pressão sobre Berlusconi se soma à inquietação dos mercados financeiros com a enorme dívida pública do país.

Nesta terça-feira, Umberto Bossi, líder da Liga do Norte, um dos partidos da coalizão de governo de Berlusconi, se juntou a outros políticos da Itália pedindo a renúncia do primeiro-ministro.

Enquanto isso, os juros para os títulos de dez anos da dívida italiana subiram para 6,73%, levando o custo para a tomada de empréstimos por parte do governo a seu ponto mais alto desde a criação do euro, em 1999.