Índia inicia julgamento histórico de escândalo de corrupção no governo

A Índia deu início nesta sexta-feira a um julgamento histórico de um dos maiores escândalos de corrupção já registrados.

Entre os 14 réus estão um ministro, autoridades do governo indiano e empresários. Eles são acusados de vender licenças de telefonia celular por uma fração do preço de mercado em troca de propinas.

Autoridades da Índia estimam que o esquema tenha custado ao governo do país cerca de US$ 40 bilhões.

Todos os envolvidos negam as acusações.

A corrupção no governo indiano se transformou em uma questão grave no país. Uma greve de fome de um ativista famoso, Anna Hazare, em agosto, desencadeou grandes protestos.