Militares portugueses fazem protesto contra cortes do governo

Milhares de membros das Forças Armadas de Portugal participaram neste sábado em Lisboa de um raro protesto contra o governo.

A manifestação contestava os cortes sem precedentes nos pagamentos e benefícios dos militares, além da redução do efetivo das Forças Armadas, como parte das medidas de austeridade para conter a dívida pública do país.

Para cumprir com a lei, os manifestantes usaram roupas civis e não gritaram slogans contra o governo.

A correspondente da BBC em Lisboa Alison Roberts diz que os militares portugueses têm um papel especial na sociedade por causa do seu papel na Revolução dos Cravos, em 1974, que democratizou o país após décadas de ditadura.