Tribunal Superior dos EUA decidirá lei de saúde proposta por Obama é válida

O Tribunal Supremo dos Estados Unidos concordou em ouvir argumentos para decidir se uma das principais leis da reforma do sistema de saúde proposta pelo presidente Barack Obama é inconstitucional.

A lei em questão dá ao governo o poder de multar os cidadãos que se recusarem a adquirir um seguro de saúde.

O partido Republicano diz que a medida viola direitos individuais e que 26 estados contestaram a lei.

A Casa Branca comemorou a decisão do Tribunal de examinar a questão e afirmou estar "confiante" de que a lei é constitucional.

Os quatro juízes do Tribunal Supremo opinarão sobre o assunto em junho de 2012 - quatro meses antes das eleições presidenciais.