Áustria exuma esqueletos de hospital da era nazista

Autoridades na Áustria concluíram a exumação de mais de 200 esqueletos do cemitério de um hospital desativado da era nazista, na província de Tirol.

Pesquisadores dizem que os restos mortais pertenciam a pessoas com deficiências mentais e físicas, com idades entre 14 e 90 anos de idade.

Muitos tinham ossos quebrados que não constavam dos registros médicos e que podem ter sido resultado de tortura por parte dos funcionários do hospital.

Nos anos 30 e 40, os nazistas assassinaram milhares de pessoas com deficiências por acreditar que elas não mereciam viver.

As investigações a respeito dos restos mortais devem continuar até 2013.