Obama diz que Ásia e região do Pacífico são chave para o futuro

O presidente americano Barack Obama disse nesta quarta-feira que os Estados Unidos pretendem desempenhar um papel maior na região da Ásia e do Pacífico, por causa de sua importância para os interesses do país.

Em discurso no Parlamento australiano em Canberra, Obama disse que os cortes nos gastos militares americanos não seriam feitos às custas da região e que os Estados Unidos manteriam o que ele chamou de "sua habilidade única de projetar poder".

Ele falou também da necessidade de uma relação de cooperação com a China, mas afirmou que "os Estados Unidos são um poder do pacífico e estamos aqui para ficar".

Horas antes, a Austrália concordou em receber aviões de guerra americanos e até 2.500 militares em uma base no norte do país.