Milhares protestam em NY após prisão de manifestantes em frente à Bolsa

Milhares de manifestantes participaram na noite desta quinta-feira em Nova York de uma passeata sobre a ponte do Brooklyn, no fim de um dia de protestos convocado pelo movimento "Ocupem Wall Street".

Durante o dia, cerca de 200 manifestantes foram presos em Nova York após um confronto com a polícia quando tentaram realizar um protesto em frente à Bolsa de Valores.

Os policiais bloquearam os acessos a Wall Street, permitindo somente a passagem dos funcionários da Bolsa.

O movimento "Ocupem Wall Street", que se espalhou por outras cidades dos Estados Unidos e do mundo, vem protestando desde setembro contra a crise econômica e contra o que considera ganância dos bancos e empresários de Wall Street.

Ativistas também foram às ruas nesta quinta-feira em apoio ao movimento em cidades como Los Angeles, Las Vegas, Boston, Washington, Dallas e Portland.

Eles dizem que este é um momento crucial para o movimento, que enfrentou a oposição do governo de Nova York esta semana.

Na última terça-feira, uma ação policial retirou à força manifestantes acampados havia dois meses no Parque Zuccotti, em Nova York, após uma ordem do prefeito da cidade, Michael Bloomberg, que alegou razões sanitárias e de segurança.