FMI facilita ajuda a países vítimas da crise

O FMI (Fundo Monetário Internacional) anunciou nesta terça-feira a adoção de um novo mercanismo que facilitará o acesso de países vítimas da crise internacional a programas de ajuda da instituição.

A ação é parte do esforço para conter a crise que se espalha pela zona do euro.

A facilitação dos procedimentos já estava na pauta do FMI no início do ano, mas acabou sendo adotada somente agora, diante da pressão vivida pela Itália e pela Espanha, cujas taxas de financiamento de suas respectivas dívidas públicas já ultrapassaram os alarmantes 7%.

O FMI fez questão de destacar que apenas países com "sólidas políticas e fundamentos" econômicos poderão ter acesso mais rápido a eventuais pacotes de resgate, sem mencionar quais nações seriam contempladas.

O novo mecanismo permite que os países nessa condição tenham acesso imediato a um montante de ajuda até cinco vezes maior que a sua cota no FMI.