Ao menos cinco morrem em protesto no Iêmen

Pelo menos cinco pessoas foram mortas na capital do Iêmen, Sanaa, nesta quinta-feira quando homens armados abriram fogo contra opositores do governo.

O ataque foi condenado pelo presidente iemenita, Ali Abdullah Saleh, que ordenou uma investigação.

No dia anterior, Saleh assinou um acordo para deixar o poder, após décadas no cargo.

O protesto foi contra os termos do acordo que prevê imunidade ao atual presidente.