Autora de Harry Potter diz que se sentiu ameaçada por jornalistas

A autora dos livros Harry Potter, J.K. Rowling, disse que teve dificuldades para manter sua privacidade e se sentiu ameaçada por jornalistas.

Rowling disse que teve que mudar de residência após seu endereço se tornar público.

As declarações foram feitas durante um inquérito a respeito dos procedimentos da imprensa na Grã-Bretanha.

Também na quinta-feira, a atriz Sienna Miller disse que chegou a receber uma cusparada de um fotógrafo, que desejava provocar uma resposta emocional.

O inquérito foi iniciado após o ultraje de opinião pública causado pelo escândalo envolvendo jornalistas que trabalham para jornais de Rupert Murdoch.