Venezuela repatria ouro depositado no exterior

A Venezuela repatriou, nesta sexta-feira, o primeiro carregamento das reservas de ouro depositadas no exterior que o governo decidiu retornar ao país.

O primeiro lote, cujo valor é desconhecido, chegou rodeado de segurança. Cerca de 500 homens, em veículos blindados e aeronaves, participaram da operação. O Banco Central espera retornar ao país todo o ouro depositado no exterior no próximo mês. A maior parte dos depósitos está em bancos europeus.

O presidente Hugo Chávez anunciou recentemente que decidiu repatriar as reservas em virtude do que ele chama de "crise terminal do capitalismo".