Egito registra novos confrontos entre manifestantes e as forças de segurança

A dois dias do início das eleições parlamentares, o Egito registrou neste sábado vários confrontos isolados entre ativistas e as forças de segurança.

Mais cedo, um manifestante morreu atropelado por um veículo do Exército durante os confrontos.

Milhares de manifestantes ainda se concentram na praça Tahir, pedindo a transferência de poder da Junta Militar que comanda o país para os civis.

Na sexta-feira, um multidão ocupou a praça, epicentro da revolta que derrubou o regime de Hosni Mubarak em fevereiro deste ano.

A nova onda de protestos acabou derrubando o governo interino e um novo primeiro-ministro foi indicado pela Junta Militar.