Único sobrevivente de execução das Farc chega a Bogotá

O único militar do grupo de cinco reféns que conseguiu escapar de um massacre das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) no sábado, o sargento da polícia Luis Alberto Erazo, chegou a Bogotá neste domingo, em um avião militar. Erazo foi sequestrado pela guerrilha há mais de 12 anos. Ele foi recebido com aplausos, debaixo de chuva. Os corpos dos quatro reféns executados pela guerrilha devem ser transladados à capital colombiana ainda neste domingo. Eles foram fuzilados pelas Farc durante uma operação de resgate do governo. Ferido por estilhaços, Erazo foi levado a um hospital para tratamento médico.