Oposição e insurgentes sírios fazem acordo contra governo de Assad

O principal grupo de oposição sírio, o Conselho Nacional da Síria (SNC, na sigla em inglês) e o grupo insurgente Exército Livre da Síria (FSA) concordaram em coordenar suas ações em manifestações contra o presidente Bashar Al-Assad.

Após uma reunião entre os grupos no sul da Turquia, o SNC disse que os insurgentes - em sua maioria desertores do exército - prometeram usar a força somente para proteger os civis e diminuir os ataques às forças do governo.

A alta comissária para direitos humanos da ONU, Navi Pillay, disse que o número de soldados usando armas contra o governo de Assad está aumentando.

Ela disse ainda que a Síria está em estado de guerra civil e que mais de 4 mil pessoas já foram mortas desde o início dos protestos, em março.

Os Estados Unidos e a Europa impuseram mais sanções econômicas à Síria e voltaram a pedir a renúncia do presidente.