Liga Árabe dá ultimato para Síria aceitar observadores internacionais

A Liga Árabe deu um ultimato à Síria até domingo para que o país aceite a entrada de observadores internacionais.

Um comitê da Liga Árabe que se reuniu neste sábado no Catar também confirmou a adoção de sanções econômicas em resposta à repressão promovida pelo governo da Síria contra protestos nas ruas do país.

O comitê também divulgou uma lista de 19 autoridades sírias que terão seus bens congelados no exterior e terão sua entrada impedida em determinados países árabes.

Também no sábado, o vice-presidente americano, Joe Biden, fez coro a diversos países árabes que pedem a renúncia do presidente sírio, Bashar al-Assad.