Haitianos querem compensação da ONU por casos de cólera

Milhares de pessoas participaram de manifestações no Haiti, pedindo que a ONU pague compensação financeira a pessoas com cólera.

Os manifestantes, que foram para a praça central de São Marcos, dizem que as tropas da ONU inadvertidamente levaram a doença ao Haiti, causando uma epidemia que matou quase sete mil pessoas.

A ONU aceitou a possibilidade de que soldados de paz do Nepal tenham levado a doença ao país, mas dizem que isso ainda deve ser provado cientificamente.

A missão de paz da ONU no Haiti começou há sete anos, com o objetivo de restaurar a ordem no país após a queda do presidente Jean-Bertrand Aristide.