Presidente do Zimbábue indica que concorrerá à reeleição

O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, 87 anos, disse neste sábado que seria um "ato de covardia" deixar a política antes das eleições previstas para o próximo ano, indicando que ele deverá concorrer a mais um mandato.

No encerramento do congresso anual de seu partido, o Zanu-PF, Mugabe condenou o regime atual de coalizão de governo, dizendo que se trata de um "monstro que deve ser enterrado".

O congresso aprovou resoluções que endossam Mugabe como candidato à reeleição, apesar de relatos de que sua saúde estaria comprometida.

Correspondentes afirmam que, embora o Zanu-PF esteja dividido sobre a capacidade do presidente em enfrentar outra corrida eleitoral, as manifestações públicas de desacordo são raras no Zimbábue.