Iraque tem escalada de tensões após a saída dos Estados Unidos

Aumentam as tensões entre partidos políticos iraquianos, que ameaçam a instabilidade do país horas depois da retirada dos últimos soldados americanos.

Há relatos de que um dos vice-presidentes do Iraque, Tareq al-Hashemi, é algo de um pedido judicial de prisão, juntamente com muitos de seus seguranças.

Os principais políticos sunitas do Iraque estão sobre pressão do governo xiita depois que o bloco parlamentar Iraqyia, que representa a maior parte da comunidade sunita, deixou o parlamento.

Eles acusam o primeiro-ministro xiita, Nuri al-Maliki, de monopolizar o poder.