Em meio à polêmica, República Democrática do Congo reempossa Kabila

O presidente da República Democrática do Congo (RDC) foi empossado nesta terça-feira para um novo mandato, após uma contestada eleição presidencial realizada em novembro.

Embora Kabila tenha sido declarado vitorioso, o candidato de oposição, Étienne Tshisekedi, afirma que foi eleito e diz que dará posse a si mesmo ainda nesta semana.

Apenas alguns poucos chefes de Estado africanos disseram que compareceriam à cerimônia anunciada por Tshisekedi.

Todos os embaixadores presentes na RDC foram convocados a participar da posse de Kabila, sob o risco de tornarem-se mal vistos pelo governo.

Observadores locais e internacionais afirmam que irregularidades foram praticadas em massa durante a eleição.