Oposição síria culpa governo por ataques

A oposição síria culpou o governo pelos ataques suicidas que mataram mais de 40 pessoas no centro da capital, Damasco, na manhã desta sexta-feira.

Um dos grupos disse à BBC que as autoridades tentaram convencer os observadores da Liga Árabe de que grupos armados estão ativos no país.

Minutos após os ataque, a mídia estatal sugeriu que eles teriam sido realizados pela Al-Qaeda.

Um correspondente da BBC disse que é possível que nunca se saiba quem são os responsáveis pelo bombardeio, mas que eles foram contra os interesses da oposição e foram fortemente aproveitados pelo governo.

O Conselho de Segurança da ONU condenou unanimemente os ataques, que deixaram 44 mortos e mais de 150 feridos.