Exército etíope toma cidade somali de militantes do al-Shabab

Forças etíopes tomaram a cidade somali de Beledweyne de militantes do grupo islâmico al-Shabab.

Testemunhas disseram que tanques e artilharia foram usados no ataque do Exército etíope.

A investida teria sido feita a pedido do governo da Somália, que anunciou uma operação para liberar o país "da tirania do al-Shabab".

Os militantes do grupo extremista disseram estar nos arredores da cidade depois do que eles chamaram de uma "retirada planejada".

Beledweyne é um ponto estratégico, próximo à fronteira com a Etiópia, no caminho para a capital da Somália, Mogadíscio.