Justiça britânica condena dois homens por crime racial de 1993

A Justiça britânica condenou nesta terça-feira dois homens pelo assassinato de um jovem negro, Stephen Lawrence, há quase duas décadas, em um caso que marcou as relações raciais na Grã-Bretanha.

Lawrence, na época com 18 anos, foi esfaqueado até a morte em um ponto de ônibus em Londres em 1993, e o crime de contornos racistas foi atribuído a uma gangue de jovens brancos.

Inicialmente a polícia não teve sucesso em localizar os autores. Um relatório oficial de 1999 concluiu que a polícia metropolitana londrina era institucionalmente racista e tinha falhado em suas investigações.

O caso Lawrence serviu de estopim para mudanças legais na Grã-Bretanha e para amplas reformas na polícia do país.

David Norris e Gary Dobson, os dois homens condenados pelo júri nesta terça, negaram o crime.