Primeiro-ministro grego alerta para perigo de default

O primeiro-ministro da Grécia, Lucas Papademos, disse nesta quarta-feira que o país enfrenta a possibilidade de um default incontrolável já no mês de março.

Ele disse aos sindicatos trabalhistas do país que, a menos que eles aceitem grandes cortes nos salários, os credores se recusariam a endossar novos pacotes de resgate e o país não conseguirá pagar duas dívidas.

Horas antes, seu antecessor como primeiro-ministro, George Papandreou, disse que renunciaria ao posto de líder do Partido Socialista e que não irá concorrer nas próximas eleições.