Líbia prepara ação para desarmar militantes de Khadafi

O governo interino da Líbia anunciou nesta segunda-feira que está preparando uma operação para desarmar militantes leais ao antigo regime de Muamar Khadafi, que ainda se encontram armados ao sul de Trípoli.

A decisão foi anunciada após um fim de semana marcado pela violência. Pelo menos três pessoas morreram e 40 ficaram feridas após enfrentamentos com antigas forças de Khadafi.

Segundo o minitro da Defesa, o batalhão que irá combater os antigos militares de Khadafi será formado por rebeldes que ajudaram a derrubar o regime.

As tentativas de cessar fogo fracassaram. No início do mês, membros do governo interino advertiram para a possibilidade de uma guerra civil no país.