Cameron diz que Europa precisa de 'ações corajosas' contra a crise

O primeiro-ministro britânico David Cameron disse que chegou o momento de os países da zona do euro tomarem ações corajosas para solucionarem sua crise econômica.

Falando durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, Cameron disse que a zona do euro não conseguiu cumprir os critérios para uma união monetária bem-sucedida.

Ele afirmou que estes critérios incluiriam uma melhor integração econômica e um banco central forte, que possa dar sustento ao sistema financeiro e cambial.

O primeiro-ministro disse ainda que a falta de competitividade da Europa continua sendo seu calcanhar de Aquiles e criticou os esforços europeus para criar um imposto para transações financeiras, dizendo que a decisão prejudicaria os empregos e o crescimento.