Regime sírio reprime protestos em Hama

Ativistas sírios denunciaram nesta sexta-feira um ataque massivo do regime de Bashar al Assad contra a cidade de Hama, um dos epicentros dos protestos contra o governo.

Ativistas relatam que um dos bairros da cidade foi fortemente atingido pelos ataques. Grupos de direitos humanos estão apelando à Liga Árabe para que mande observadores à cidade com urgência.

O ataque ocorre um dia após relatos de bombardeiros em vários bairros de Homs, outro reduto de manifestantes contrários a Assad.

A escalada na repressão ocorre no momento em que membros do Conselho de Segurança da ONU se articulam para votar uma resolução pedindo a Assad que deixe o poder na Síria.