Costa Concordia oferece compensação a passageiros

A empresa italiana que é proprietária do navio de cruzeiro Costa Concordia ofereceu a cada um dos passageiros do navio 11 mil euros (R$ 25 mil) como compensação pelo acidente que deixou pelo menos 16 mortos.

O acordo acontece após negociações entre a empresa, Costa Cruises, e diversos grupos de consumidores italianos.

A companhia também prometeu reembolsar as despesas médicas e de transporte dos passageiros, assim como o custo da viagem no cruzeiro.

No entanto, um dos grupos de consumidores, Codacons, pediu a algumas pessoas que não aceitassem o acordo.

O grupo e outros dois escritórios de advocacia dos Estados Unidos estão entrando com um processo contra a Costa Cruises nos Estados Unidos, pedindo pelo menos US$ 160 mil (R$ 278 mil) para cada passageiro do navio.

A empresa italiana é propriedade da americana Carnival Group.

Na última terça-feira, mais um corpo foi encontrado nos destroços do navio, elevando o número de mortos para 16. Pelo menos mais 16 pessoas estão desaparecidas.

O navio naufragou na costa da ilha toscana Giglio no dia 13 de janeiro, com mais de 4 mil pessoas à bordo.