Partido Comunista de Cuba faz conferência para discutir reformas políticas

O Partido Comunista de Cuba dará início neste sábado à primeira conferência da sua história, cujo objetivo é discutir reformas políticas.

As conferências são mecanismos internos de discussão do partido. Já os congressos, que acontecem em tese a cada cinco anos servem para tomada de decisões sobre os rumos do país.

Mais de 800 delegados reunirão-se a portas fechadas. Eles deverão discutir dois temas em especial: um limite ao número de mandatos presidenciais e o aumento da participação da juventude na liderança.

O presidente cubano, Raul Castro, levantou as duas questões em um encontro do partido no ano passado.

Cuba está passando nos últimos meses por reformas econômicas, com maior participação de pequenos negócios privados e liberdade de compra e venda de propriedades.